[Fechar]

domingo, 19 de outubro de 2014

Entre o esgoto e o jardim



Porque, muitas vezes, continuamos, mesmo com vontade de desistir?
Sempre fui sonhador, e é isso que me mantem vivo.
"A vida não é um mar de rosas." Dizia-me aqueles que carregavam no rosto um olhar pessimista.
Eu sempre soube.
Cada uma tem sua própria historia e engana-se aquele que vê por de trás de um sorriso uma vida repleta de alegrias.
Por algum motivo, as pessoas que tem mais motivos para chorar, sorriem. Talvez seja essa, uma das grandes ironias da esperança, lançar um sorriso permanente naqueles que não deveriam sequer deixar os dentes escaparem por entre os lábios. 
Minha vida não era repleta de alegrias e, em alguns momentos, já cheguei a pensar: Que bosta de vida!
Colocamos a culpa no acaso, no destino e, constantemente, no tempo, mas tudo parte do jeito de como encaramos o mundo...
Em cada oportunidade uma dificuldade? Ou em cada dificuldade uma oportunidade?
A ordem dos fatores, pareceu, sim, alterar o produto...

A vida não era uma mar de rosas, como sempre me diziam, mas ,também não era uma grande bosta.
E talvez por isso, eu tenha escolhido viver no jardim, ao invés do esgoto.
Temos o livre arbítrio...
Sempre fui sonhador e não sei, até que ponto, isso seja algo positivo, mas sorrio ao ver que vez ou outra um pessimista e recarregado com uma dose de otimismo para poder continuar na sua caminhada obscura.
Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único e espero que um dia se junte a nós¹, logo após encontrar o jardim em meio a caminhada obscura.
Tudo parte do jeito de como encaramos o mundo...




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...