[Fechar]

domingo, 9 de fevereiro de 2014

A energia nunca morre

Fé.Ou você tem, ou você não tem.
Não acho que os crentes sejam melhores do que aqueles que desacreditam, mas com certeza eles passam por sufocos menores, ou melhor, enfrentam seus sufocos como uma coisa menor.
Percebi que sempre escrevi sobre como é importante ter fé e esperança, e como, juntas, elas podem mudar as coisas. E olhando atentamente para o mundo que me rodeia pergunto-me: Sobre o que mais poderia escrever?
Vejo a esperança morrer gradualmente dentro das pessoas, assim como uma planta, que padece lentamente sob o calor escaldante do sol.
Ninguém parece estar disposto a regar o mundo com esperança.

Um dia me perguntaram qual o sentido da vida, já que todos  um dia iriamos morrer, porque não adiantar o processo?
Fiquei atônito diante daquele questionamento.Estava acostumado a escrever para os sonhadores, que em algum momento da caminhada se sentiam cansados e precisavam de forças para continuar.
O sentido da vida era concretizar sonhos. Como alguém poderia viver sem sonhar?
Acho que nunca saberia a resposta daquela pergunta.
Não compreendia o mundo daqueles que desacreditam, mas sabia que, para quem tem fé, a vida nunca tem fim. Pois a vida é algo bem mais complexo do que estar vivo de fato. Estar vivo é questão espirito, energia, e o que deixamos como legado para os que virão depois...
Desejo que os que desacreditam adquiram apenas um sonho e que compreendam assim que viver é uma questão de energia.
E que a energia nunca morre.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...