[Fechar]

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A morte do sonho pela sobrevivência



O esgoto corria por de baixo daquelas tábuas, o cheiro era insuportável e aquela velha porta vinha sendo consumida lentamente pelos cupins. Um simples sopro parecia ser capaz de derruba-la.
Aquela morada precária era o porto seguro, daquele homem. Triste ilusão, como aquele velho barraco poderia protege-lo?
As campanhas de uma vida melhor, infelizmente, ainda não haviam chegado ao topo daquele barranco, onde aquele comodo mal acabado se equilibrava.
Por muito tempo ele esperou que aquelas promessas de vida melhor o alcançasse, mas nem sempre a teoria funciona na pratica e logo a dura realidade o empurrou para um caminho sem volta. Não havia tempo para esperar.
A velha história se repetia mais uma vez...

Em meio a tantas tristezas aquele homem não se permitia sequer chorar. Tinha medo, que o peso das suas lágrimas fossem o suficiente para destruir o seu porto seguro.
Tornou-se uma pessoa seca, apenas uma capa.
Arrancaram toda a emoção e sentimento que nele existia e apenas o desejo de sair dali, sobrevivia dentro do seu coração.
Mas como iria se desvencilhar daquela realidade sozinho? - Pensava ele, quando sua porta veio ao chão com um tombo.
Ele tentou correr, mas pra onde poderia ir? Aquela era a unica saída.
Não precisaram sequer entrar, o tiro certeiro, que atingiu o seu coração, veio do lado de fora do barraco.
Deslizando lentamente contra a parede, deixando uma marca de sangue naquelas tabuas tão frágeis, aquele homem sentou-se sentindo sua pulsação cada vez mais fraca. Seu coração não tinha mais forças para suportar aquilo e então seus olhos libertaram aquelas lágrimas tão concentradas, que rapidamente atingiram o chão desnivelado. Havia sido o suficiente.
O barraco agora rolava morro abaixo, carregando consigo esgoto, lama, sonhos, indiferença,promessas, controvérsias...
Mas era muito difícil separar tudo isso ,eles estavam compactados agora em uma pilha de destroços.
Mais uma noticia para os jornais. Mais um sonho afogado pela realidade. Mais um. Mais um...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...