[Fechar]

quarta-feira, 17 de julho de 2013

A ultima crônica

Fim. Ele deveria ter escrito essa palavra depois de terminar sua crônica , mas sua mão havia formado aquela palavra no papel antes mesmo que ele percebesse.
O longo suspiro dado por ele era uma tentativa de acalmar aquela mente tão enevoada, porém uma inquietude abalava seu equilíbrio.
Um ponto final. Era isso que ele pretendia colocar em tudo aquilo, nas exclamações, reticências e, principalmente, nas interrogações. Ele as odiava. E queria ,de verdade, iniciar um novo capitulo sabe? Virar a pagina! Deixar tudo aquilo para trás, sem exclamações, reticências ou interrogações, apenas levando consigo a paz proporcionada por um ponto final. Ou então deixar tudo aquilo de lado, afinal, escrever sempre sobre a mesma coisa não tornaria seus textos chatos e repetitivos?

Repetição...
Era algo que ele não queria em sua vida e justamente por isso havia tomado um caminho diferente, então sua caneta começando a falhar, avisando que o nível da tinta estava acabando e ele pareceu entender o que isso queria dizer, apressando-se em colocar um ponto final em sua ultima crônica. Agora ele desejava apenas restaurar seu equilíbrio para continuar a enfrentar com otimismo todas aquelas loucuras, então pegou uma xícara de café e dirigiu-se para o seu quarto, deixando para trás o rascunho da sua ultima crônica, onde podia-se ler, claramente, uma unica palavra escrita com uma caneta de tinta azul  falhada: Fim.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...