[Fechar]

domingo, 5 de maio de 2013

Lágrimas


- Você nunca chora? - Perguntou ele, com um misto de indignação e surpresa na voz.
Sorri e lembrei-me de quantas vezes deixei-me afogar pelas lágrimas. Elas me sufocavam, calavam minha voz e me mantinham desorientado.
Com o tempo converti todas elas em puro gelo que blindavam todo meu eu. Passei a ser chamado de frio.
Sim, muitas vezes sou uma pessoa fria, mas a frieza acabou se tornando minha proteção e  foi com ela que meus olhos vermelhos deram lugar à um sorriso quase que permanente. E assim é que venho conseguindo o meu equilíbrio.
Volto assim meus olhos para aquele garotinho que continua a me encarar,  e o respondo:
- Não. Eu nunca choro! - Digo recebendo uma expressão de horror, antes dele correr em disparada.
Talvez ele nunca me entenda, mas eu não me importo com isso.
Creio que vim ao mundo para compreender ao invés de ser compreendido. - Penso sentindo aquela lágrima percorrer meu rosto antes que eu pudesse impedi-la.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...